Museus + parques + sítios históricos + o povo, alegre e hospitaleiro farão da sua viagem uma temporada de belas descobertas

Visitar a Cidade do México é como mergulhar em um caldeirão cultural, onde diariamente 9 milhões de pessoas amalgamam as cores, temperos, tradições e a cultura de diversas regiões do país. Reunimos ícones urbanos, atrações locais e do entorno, que precisam fazer parte do seu roteiro.

Cidade México
Caminhar pelo Passeio de la Reforma é ter contato direto com o lado urbano e bem planejado da Cidade do México (Foto: CPTM/Divulgação)

1

Caminhe pelo Paseo de La Reforma

Esta avenida, larga e arborizada, ladeada por imponentes arranha-céus, convida o turista para uma caminhada, principalmente nos finais de semana. Fizemos o percurso em um sábado e em um domingo, e recomenda. Vá com tempo para entrar no Parque de Chapultepec, o pulmão da metrópole. Verdadeiro bosque, ali se encontram o Zoológico de Chapultepec, o Museu Nacional de Antropologia, o Museu Nacional de História (dentro do Castillo de Chapultepec), o Museu de Arte Moderna, o Museu Tamayo Arte Contemporâneo, entre outros.

Cidade México
Uma das milhares de peças que fazem parte do acervo do Museu Nacional de Antropologia, visitado anualmente por mais de 3 milhões de pessoas (Foto: Claudia Tonaco)

2

Visite o Museu Nacional de Antropologia

Considerado um dos mais importantes do mundo, é imenso e, só ele, é um bom pretexto para você visitar a Cidade do México várias vezes. Dentro de um prédio de arquitetura moderna estão peças tão impressionantes quanto o projeto do edifício. Sim, impressionante é a palavra que define este museu, visitado por mais de 3 milhões de pessoas anualmente. Esculturas, desenhos, artefatos e peças arqueológicas de valor incalculável são exibidas nas 23 salas do complexo. Expostas em ordem cronológica, abrangem do período pré-colombiano ao pré-hispânico e as culturas toltecas, zapotecas, maias e astecas, entre outras. No total são mais de 7 milhões de itens arqueológicos e mais de 5 milhões etnológicos.

Cidade do México
Fachada do Museu Frida Kahlo, residência onde a artista nasceu, viveu e morreu (Foto: Claudia Tonaco)

3

Emocione-se ao entrar no Museu Frida Kahlo

Atravessar os altos muros desta casa pintada com cores fortes, é ter acesso a uma viagem ao passado e às emoções que permearam a vida da mais famosa artista plástica mexicana. Dentro da também chamada Casa Azul, estão os pertences de Kahlo e da família, dispostos de maneira autêntica e original. Fielmente preservada, ali estão os quartos, a cama, o ateliê, peças de roupa, desenhos e pinturas da artista. O clima romântico, criativo e revolucionário ganha concretude. Ao longo da visita é muito fácil se emocionar ao observar de perto um e outro detalhe da vida de Kahlo, justamente na casa onde ela nasceu, viveu e morreu.

4

Explore Coyoacán

O bairro onde está a casa de Frida Kahlo é um dos mais acolhedores da CDMX. Vizinhança das mais elegantes, o bairro mistura abastadas residências com restaurantes, cafés e comércio local. Faça uma pausa no Mercado de Coyoacán para saborear as famosas tostadas e faça compras no Mercado de Artesanías, bem próximo à praça principal do bairro.

Cidade México
Embarque num passeio diferente, pelos canais de Xochimilco (Foto: CPTM/Divulgação)

5

Relaxe como os mexicanos, em Xochimilco

Deixe-se levar pela típica atração da cultura local e embarque em uma espécie de gôndola para apreciar a paisagem, ouvir música e observar como os mexicanos se divertem. Xochimilco é o nome de uma região, ao sul de CDMX, onde estão esses jardins flutuantes. Através deles navegam embarcações chamadas trajineras. Como as gôndolas vienenses, elas conduzem o visitante por canais. No caso da Cidade do México, eles circundam ilhas artificiais do jardim. Mais do que relaxante, em Xochimilco o turista irá observar as outras trajineras levando casais enamorados, passageiros contemplativos e turmas de estudantes comemorando aniversários, ouvindo música e fazendo piquenique a bordo. Você pode embarcar também com o seu piquenique, sua própria música e se entregar ao conceito de lazer dos mexicanos.

Cidade do México
Do alto de uma das pirâmides pode-se observar o magnífico complexo de Teotihuacán (Foto: Claudia Tonaco)

7

Renda-se ao poder das pirâmides de Teotihuacán

Localizadas a cerca de 1 hora de carro da Cidade do México, as pirâmides de Teotihuacán. Há dúvidas quanto ao grupo étnico responsável pela sua construção. Antes da chegada dos espanhóis, os astecas descobriram a região, já desocupada. Entre as hipóteses mais aceitas, foram os Totonacas que ergueram ali uma cidade. O sítio, com mais de 2.000 anos de história, é tombado pela Unesco e preserva através de suas construções e do planejamento urbano da época, as impressões digitais de um importante período das civilizações mesoamericanas. Ali viveram cerca de 200.000 pessoas e ainda é possível ver avenidas, prédios públicos, templos e habitações da época. Para conhecer cada detalhe da história e das construções, contrate um tour guiado.

8

Circule pela região de Polanco

É um dos bairros mais sofisticados e bonitos, onde estão alguns dos melhores hotéis e restaurantes, cafés e comércio da CDMX. Dois excelentes museus estão também na região = Jumex + Soumaya Museum. Estando em Polanco, experimente a culinária do Pujol e do Quintonil, que estão na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo.

Cidade México
Museu Soumaya (Foto: CPTM/Divulgação)

9

Surpreenda-se no Soumaya Museum

A plasticidade desafiadora da construção, obra do arquiteto Fernando Romero, é a primeira surpresa com a qual o turista irá se deparar diante da entrada do Soumaya Museum. A instituição é um presente dado à Cidade do México pela Fundação Carlos Slim. O acervo é eclético e exibe quase 70.000 peças entre quadros, esculturas, fotografias, cerâmicas e porcelanas, mobiliário de época, instrumentos musicais e documentos históricos.

9

Museo Jumex é o templo dos modernos

Outra instituição da Cidade do México, desta vez voltada para a arte contemporânea, o Museo Jumex foi projetado pelo escritório britânico David Chipperfield Architects. É o local perfeito para apreciar obras de Andy Warhol, Martin Kippenberger, Cy Twombly e Damien Hirst, entre outros artistas. Também em cartaz estão os mais variados estilos atuais, performances e assuntos correlatos.

Cidade México
Vista aérea do Museu de Belas Artes, no Centro Histórico da capital Mexicana (Foto: CPTM/Divulgação)

10

Mergulhe no Centro Histórico

Nesta região estão atrações essenciais para o turista que quer ter uma visão cronológica história mexicana. É o momento para explorar as ruínas do Templo Mayor, a Catedral Metropolitana, o Palácio e o Museu Nacional de Belas Artes.

Cidade do México
A Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe é o 2o templo católico mais visitado do planeta (Foto: CPTM/Divulgação)

11

Uma experiência de fé, na Basílica de Guadalupe

Não importa a sua religião. Ao entrar na Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, renda-se à fé estampada nas feições dos devotos, assim como na imagem de Nossa Senhora de Guadalupe. Ela apareceu impressa no manto do asteca Juan Diego e está exposta, numa posição estratégica, no interior da basílica. Este é o 2º templo católico mais visitado do mundo. A cada ano passam por ali mais de 20 milhões de visitantes. Apenas a Basílica de São Pedro, no Vaticano, recebe mais fiéis. E como todo território sagrado, aprecie a vibração do lugar. Será inesquecível passar diante da tilma, o manto de Juan Diego, ouvindo os cânticos, a música sacra e as orações, sentindo o perfume dos incensos, sob as luzes mágicas do ambiente. Quem tiver sorte pode se deparar com a chegada de um grupo de peregrinos, tocando música, seguindo em direção à missa, ajoelhando, abraçando uns aos outros e rezando com muita fé. Será um dos momentos inesquecíveis da sua viagem, não importa a sua religião.

Cholula
É fácil entender porque Cholula é uma das Cidades Mágicas do México (Foto: CPTM/Divulgação)

12

Inclua Puebla e Cholula no seu roteiro

Distante cerca de 100 km da Cidade do México, está Puebla. A cidade guarda uma infinidade de riquezas que merecem ser conhecidas. A cidade está cercada por largos vales salpicados de montanhas. Quem observa com mais cuidado percebe que algumas dessas montanhas são vulcões. Ao lado de Puebla está Cholula, uma das Cidades Mágicas mexicanas. Elas recebem este título por conseguirem manter vivo o espírito e as tradições do país. Essa magia se espalha por toda a região e toca o coração do viajante de várias maneiras. Conhecer um povo simples, mas ao mesmo tempo refinado e hospitaleiro é o motivo inicial para você embarcar em uma viagem por Puebla de Los Angeles. O nome da cidade já dá as pistas da experiência que está por vir. Para completar, será emocionante visitar museus maravilhosos, experimentar sabores únicos e caminhar pela história local.

Já viveu essa experiência? Deixe seu comentário.

*

code

  • Av. Brasil, 741 - Sta. Efigênia
  • 31 3646-1249

Copyright© Tripness Curadoria de Viagens - 2019. Todos os direitos reservados.

Fechar Menu
WhatsApp WhatsApp